Arquivo da tag: Locar

LOCAR REALIZA O MAIOR TRANSPORTE RODOVIÁRIO DO PAÍS

A Locar Guindastes e Transportes Intermodais realizou em novembro o maior transporte rodoviário do país. A carga, um gerador de 361 t, com 12,61 m de comprimento, 4,51 m de largura e 4,04 m de altura, foi transportada por estradas federais no Rio Grande do Sul, do Porto de Pelotas até a UTE Pampa Sul, em Candiota. A operação, contratada pela BertlingLogistics Brasil Ltda, foi realizada em três etapas. A primeira foi somente de transbordo da carga entre o porto e a própria cidade de Pelotas – um percurso de oito quilômetros realizado dia 8 de outubro sobre 14 eixos. A segunda foi a rota propriamente dita, dePelotas até Candiota, em um percurso total de aproximadamente 150 km, em apenas três dias – de 12 a 14 de novembro. Continue lendo LOCAR REALIZA O MAIOR TRANSPORTE RODOVIÁRIO DO PAÍS

TRANSPORTE E IÇAMENTO DE “COZEDOR” MOBILIZA TRÊS EMPRESAS

 

O desafio era levar por 80 km, do fabricante em Sertãozinho à Usina em Américo Brasiliense, uma peça projetada pela Bosch Engenharia de dimensões fora do comum: 6,90 m de largura e 7,60 m de altura, além de 24,20 m de comprimento. Foram mais de três meses de planejamento conjunto, envolvendo engenheiros das empresas Bosch Engenharia, Fama Transportes e Locar Guindastes e Transportes Intermodais. Continue lendo TRANSPORTE E IÇAMENTO DE “COZEDOR” MOBILIZA TRÊS EMPRESAS

CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DO HEAVYDUTY’2016

HEAVY DUTY

DESTAQUES DA CARGA SUPERPESADA

A entrega do prêmio Heavy Duty’2016 foi realizada em 17 de novembro passado, no auditório do Palácio dos Transportes, sede do SETCESP (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas do Estado de São Paulo e região), concomitante à entrega do prêmio Top Crane’2016. É o segundo ano que o evento recebe o apoio da entidade e, nesta edição, contou também com o apoio da Verope do Brasil, fabricante de cabos de aço, e com o patrocínio da XCMG, através da cota máster, e da Liebherr e Tadano.

O troféu Heavy Duty’2016 foi destinado aos melhores cases inscritos em quatro modalidades do transporte de cargas superpesadas: “Internacional”, “Intermodal”, “Carga Excedente” e “Carga Indivisível”. Respectivamente, foram vencedoras as empresas Primax Transportes Pesados – que também conquistou o prêmio Top Crane’2016 no grupo “Remoção Técnica” (veja matéria nesta edição); a Locar Guindastes e Transportes Intermodais (Top Crane em “Case Infraestrutura” e “Trabalho em Altura”); a J.Rotaner Transportes de Cargas e a Transdata Movimentação de Cargas. Continue lendo CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DO HEAVYDUTY’2016

TRÊS DIVISÕES MOBILIZADAS EM UMA OPERAÇÃO

A Locar Guindastes e Transportes Intermodais, uma das maiores empresas do segmento, recebeu o Prêmio Heavy Duty’2016 – Categoria Transportes Intermodais, pela operação de Pesagem, Transporte e Load Out para a Enterprise Logística, com a utilização dos modais rodoviário e marítimo, de um total de 10 módulos de plataforma marítima, com pesos de 190 a 1.700 t (8.500 t, no total). A operação foi realizada em 40 dias, com deslocamento de cargas por três quilômetros. O principal desafio foi a etapa de Load Out, que foi vencido com a utilização de 72 linhas de eixo autopropelidas Goldhofer com Power Pack. Continue lendo TRÊS DIVISÕES MOBILIZADAS EM UMA OPERAÇÃO

EDIÇÃO 43

capa-Crane43
APOIO INCONDICIONAL

A realização dos prêmios Top Crane e Heavy Duty, neste ano de 2015 em particular, é uma conquista para os segmentos de elevação de carga, trabalho em altura e transporte pesado.

Em meio ao descalabro da gestão pública federal e o fisiologismo de grande parte do Congresso Nacional, que têm comprometido toda a economia do país, seria de esperar até o cancelamento do evento, a despeito de sua importância e tradição de cinco anos consecutivos.

Nós, da revista Crane Brasil, sempre acreditamos em sua viabilização e fomos buscar apoio no mercado. O que, aliás, sempre fazemos. Lembrando que não vivemos de investimentos internacionais, recursos públicos ou da prática de mensalão, petrolão, eletrolão e outras barbaridades. E, nem queremos.

O apoio decisivo, de primeira hora e incondicional, veio do Setcesp (Sindicato das Empresas de Transporte de Carga de São Paulo e Região) e da Fetcesp (Federação de Transporte de Carga do Estado de São Paulo), que abriu as portas do salão nobre do Palácio dos Transportes para que realizássemos a cerimônia de premiação do Top Crane e Heavy Duty’2015. Que fique registrado aqui nosso agradecimento a toda a diretoria das entidades, em particular ao diretor do Setcesp, Antonio Luiz Leite, e ao presidente, Manoel Souza Lima Jr.

Era a sinalização que precisávamos para colocar o regulamento e as inscrições no ar e iniciar um processo de divulgação, apuração, checagem de informações e consolidação de dados até chegarmos aos vencedores. Em paralelo, buscamos o patrocínio de nossos parceiros de longa data. E encontramos o mesmo respaldo da parte da Manitowoc, Terex, Genie, XCMG, Tadano, Liebherr e Sany. E aqui chegamos, trabalhando duro, para fazer jus a todo esse apoio, confiança e expectativa.

Wilson Bigarelli – editor@cranebrasil.com.br

Nesta edição:

Os grandes vencedores e os fatores decisivos para a conquista do

TOP CRANE e do HEAVY DUTY’2015

 

TOP CRANE’2015

Estrutura Operacional (Locar Guindastes e Transporte Intermodais)

Frota Standard (Guindastes Centro-Oeste)

Frota Full (Guindastes Tatuapé)

Frota Advanced (Locar Guindastes e Transporte Intermodais)

Segurança &Treinamento (Elba Equipamentos e Serviços)

Plano de Rigging (Makro Engenharia)

Inovação (Máquinas Bolbi)

Remoção Técnica (Primax Transportes Pesados)

PLATAFORMAS

Trabalho em altura (Saraiva Equipamentos)

HEAVY DUTY’2014

Estrutura Operacional (Transportes Pesados Minas – Transpes)

Frota Standard (Primax Transportes Pesados)

Frota Full (Megatranz Transportes)

Frota Advanced (Transdata Movimentação de Cargas Especiais) 

Segurança & Treinamento (J.Rotaner Transportes Pesados)

Case’2015 (Megatranz Transportes)

E MAIS:

Telescópio

Nomes e Notas

Classificados

Infocrane

 

 

 

EDIÇÃO 36

capa crane 36

A OPINIÃO QUE IMPORTA

A nossa área de transportes pesados ganhou a capa desta edição, com a reportagem sobre a história e o arranque definitivo, que fizeram da Transpes uma das maiores empresas do setor. Consolidada e estruturada para operações que já ultrapassam as fronteiras do País, a Transpes investe agora na ampliação da sua frota de elevação.

O roteiro é conhecido e já foi percorrido pela gigante Locar, com quem dividimos a capa, cuja prioridade, agora, é outra. Superestruturada, tanto para o transporte quanto para o içamento – sem contar instalações e embarcações para operações offshore – a Locar reavaliou seu organograma interno, que tinha gerado uma distorção. A empresa estava dividida por linhas de produto e isso dificultava a apresentação de soluções integrais. Agora, isso mudou. A engenharia está na vanguarda e junto dos clientes, quando o projeto ainda está sendo pensado.

Temos outras boas novidades como essa a apresentar aqui, em sintonia com o que demandam os dois mercados que cobrimos – o de elevação de cargas e transportes pesados e extrapesados. No primeiro caso, citaria em particular a validação feita por um usuário do novo guindaste articulado da Masal, depois de um ano de testes e aplicação severa. Em relação ao transporte, também é a opinião dos frotistas que ouvimos para avaliar a disponibilidade atual de implementos no mercado. Seguiremos sempre nessa linha, ouvindo usuários e frotistas. A opinião que realmente importa.

O Editoreditor@cranebrasil.com.br

DESTAQUES DA EDIÇÃO:

PERFIL HD – Transpes: superando fronteiras no transporte pesado.

PERFIL – O diferencial da engenharia da Locar.

SUPORTE – Montadoras priorizam venda de serviços.

E MAIS:
TELESCÓPIO – Sany amplia investimentos no Brasil.
EQUIPAMENTO – Terminal tractors (TTs) ganham espaço em portos.
CASE-APLICAÇÃO – A prova de robustez do novo articulado Masal.
DICAS – Especificação correta de eslingas – Parte 1.
GUIA CRANE BRASIL – Distribuição de peso em pórticos.
INFOCRANE – Montanha russa de madeira.

HD MAGAZINE
NOMES E NOTAS – Europa publicará norma para SPMT.
IMPLEMENTOS – Acima de 65 t, só importando.
BALCÃO – Semirreboque extensível para eólicas.

Adquira a edição 36 em nossa loja virtual: http://www.factoeditorial.com.br/crane-brasil-n-36.html.